Programação do ‘Natal do Abraço’ chega à galeria Espírito Santo

O “Natal do Abraço” quer promover o espírito natalino por meio de apresentações artísticas e culturais, com mensagens que destaquem a fé, o amor, o perdão e a solidariedade, porém quer também ajudar a aquecer o comércio durante as festas de final de ano nos centros de compras populares. Por isso, a programação do “Natal do Abraço” esteve nesta segunda-feira, 9/12, na galeria Espírito Santo, Centro.

Ornamentada com árvore de Natal e diversos adereços natalinos, a galeria Espírito Santo recebeu a apresentação do coral Natalino Uirapuru, formado por 30 alunos, com idades entre 5 e 6 anos, do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Escritor Paulinho de Brito. Regido pela professora Silene Araújo, o coral encantou o público.

De acordo com a professora, o coral faz parte do projeto Arte Ludicidade, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) e trabalha com música, dança e teatro. Para ela e os demais professores que participam do projeto, fazer parte do “Natal do Abraço” é uma grande oportunidade das crianças apresentarem uma mensagem importante e também para os professores observarem o desenvolvimento delas.

“Nosso coral é composto de 50 crianças, hoje trouxemos 30 e eles passaram uma mensagem que, para mim, é a mais importante. De que estamos aqui para servir e aprender. As crianças, com seu jeitinho próprio nos ensinam muito. Elas ficaram superfelizes por estarem aqui hoje cantando sobre o que é o Natal. Para nós é uma honra participar do ‘Natal do Abraço’”, afirmou.

A programação na galeria Espírito Santo contou ainda com a animação dos personagens do parque Cidade da Criança, parceiros do “Natal do Abraço” em todos os eventos, que também se encantaram com as mensagens transmitidas pelos pequenos cantores do coral. Músico do parque, Cleiton Tenório, 25, foi um dos que se emocionou com a apresentação das crianças.

“Emociona porque a gente vê que a educação musical vem sendo implementada e perceber que os pequeninos estão, desde cedo, numa atividade musical toca o coração das pessoas ao redor e aí a gente vê a importância da arte. A apresentação deles foi, para mim, arte no mais alto nível. Vê-los todos afinadinhos foi lindo e isso nos motiva muito, ver essa beleza artística nos pequenos”, disse.

Quem também ficou feliz em escutar o canto do jovem coral foram os permissionários e clientes. A professora Auxiliadora Andrade, 57, aproveitou o início da semana para ir à galeria pesquisar e também comprar, e ficou encantada com a programação cultural e com a ambientação do espaço. “Está tudo muito bonito. Dou dez para a programação. Vou dar uma olhada e depois fazer as minhas compras”, disse.

Permissionário da galeria Espírito Santo há 5 anos, Luiz Cláudio Serrão, 49, destacou a importância de atividades como o “Natal do Abraço” nesses centros de compra para cativar o público. “Toda ação que traga benefício para a galeria é bem-vinda e essa está muito bonita. Precisamos de mais programações com essas. Hoje ela já deu uma animada. Foi uma ideia muita boa de fazer isso aqui”, opinou.

A titular da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Conceição Sampaio reforçou o compromisso do prefeito Arthur Virgílio Neto e da presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, em transmitir mensagens de prosperidade e também de tornar os espaços mais agradáveis e alegres pelo “Natal do Abraço”.

“O ‘Natal do Abraço’ é mais uma forma de dizer muito obrigado a Manaus e de desejar muitas bênçãos às famílias manauaras. Música, apresentações culturais e uma bela ornamentação tornam tudo isso ainda mais belo e é por isso que estamos aqui, porque entendemos a importância desses espaços para o comércio local e para as famílias dos trabalhadores. Essa mescla de sentimentos e ações permite que tenhamos momentos mais prósperos, felizes em família e essa é também uma mensagem que queremos passar”, finalizou.

O “Natal do Abraço” é uma campanha realizada pela Prefeitura de Manaus, coordenada pelo Fundo Manaus Solidária, há três anos, e consiste em ações para fortalecer os bons sentimentos que florescem nesta época do ano, por meio da solidariedade, da fraternidade, da corresponsabilidade e do protagonismo cidadão.

— — —

Texto – Michele Gouvêa / Manaus Solidária

Fotos – Karla Vieira / Manaus Solidária

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHsmJUWrFS