Presidente do Fundo Manaus Solidária visita Fundação Matias Machline

A presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, visitou na manhã desta sexta-feira, 6/3, a Fundação Matias Machline, no Distrito Industrial. Na ocasião, ela conheceu as dependências da instituição de ensino e foi homenageada por professores e alunos em uma cerimônia pelo Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8/3.

A primeira-dama realizou a visita acompanhada da desembargadora do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) Socorro Guedes, e da promotora de Justiça Antonina Couto, que fazem parte do grupo “Comunhão e Direito”, formado por uma rede internacional de juristas, que trabalham pela fraternidade.

Todas foram recebidas pelo diretor-executivo da fundação, Sung Un Song, que falou sobre o histórico e conquistas do projeto social e mostrou todas as dependências que abrigam aproximadamente mil alunos. Eles estudam e recebem assistência médico-odontológica, além de três refeições diárias, tudo gratuitamente.

Segundo a primeira-dama, a escola é uma referência na vida dos alunos, que estudam e que passaram pela instituição, e demonstra uma preocupação em formar cidadãos. Ela lembrou que todo esse trabalho vai ao encontro com o que determina o prefeito Arthur Virgílio Neto, que recentemente inaugurou um Centro Integrado Municipal de Educação (Cine), no ramal do Brasileirinho, e que durante sua gestão elevou Manaus do 21° ao 9° lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

“Tive a oportunidade de conhecer um belíssimo trabalho de formação de cidadãos e acredito que a educação é a raiz de qualquer projeto de futuro. E é isso que transmitimos para a cidade de Manaus, pela forma como o prefeito Arthur trata e investe na educação municipal. Falo isso pelas escolas que estamos inaugurando, pelo salto que demos no Ideb e pela forma que tratamos nossos profissionais, inclusive chamando novos professores do cadastro de reserva do concurso da Secretaria Municipal de Educação. Por isso, digo que o trabalho desenvolvido aqui só fortalece tudo que a prefeitura faz na educação municipal”, disse Elisabeth Valeiko Ribeiro.

A presidente do Fundo Manaus Solidária também agradeceu a homenagem recebida pela passagem do Dia Internacional da Mulher. “Fiquei lisonjeada pela forma como fui recebida e por todo o carinho dos alunos, dedicado a todas nós, que vimos visitar a instituição”, agradeceu.

Segundo o diretor-executivo, a visita representa muito para a instituição, que busca cada vez mais parceiros para colaborarem com o ensino de qualidade oferecido pela fundação, que também se tornou Faculdade do Amazonas de Ensino Pesquisa e Inovação (Famepi). Ele também destacou a parceria com algumas escolas municipais.

“A fundação está em um período de transformação, de se apresentar para a sociedade, pois não é um patrimônio de uma empresa e, sim, da população. Tanto que temos essa parceria com a Semed, na qual oferecemos um curso preparatório durante todos os sábados do ano, em escolas nos bairros, para preparar os alunos que querem participar da nossa prova de admissão, uma vez que oferecemos apenas mil vagas e a procura é muito grande”, explicou Sung Un Song.

A desembargadora Socorro Guedes é a coordenadora Norte do projeto “Comunhão e Direito”, que reúne juristas para expandir fraternidade dentro e fora do ambiente de trabalho. Ela explicou que se prepara para iniciar um projeto junto à instituição, para levar cidadania às periferias. “Adotamos a regra de ouro de fazer ao próximo o que gostaríamos que fosse feito a nós, em todos os aspectos da sociedade. Por isso, queremos ajudar. Observamos aqui um claro exemplo de formação de cidadãos em busca de um mundo melhor”, finalizou a magistrada.

— — —

Texto – Ulysses Marcondes / Semcom

Fotos – Nathalie Brasil / Semcom

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHsmLPBPC3