Um ano após o incêndio no bairro de Educandos, completado esta semana, a Prefeitura de Manaus mantém sua linha de solidariedade e assistência social, com o pagamento de 495 aluguéis sociais às famílias que perderam suas residências. Todas as famílias estão inseridas em um cadastro realizado pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) com permanente atualização de dados.

As mais de 30 ações da Prefeitura para a entrega de donativos arrecadados pela campanha #ManausSolidária, garantiram às vítimas do incêndio apoio com cestas básicas, água mineral, leite em pó, leite líquido, produtos de higiene, roupas, calçados, fraldas e utensílios domésticos como colchão de casal, de solteiro, cama de solteiro, rede, travesseiros, lençóis de cama, fogão, ventilador e voucher de carga de gás. Ao todo, a campanha coordenada pelo Fundo Manaus Solidária, arrecadou mais de 163 mil itens.

A Prefeitura de Manaus criou um grupo de trabalho para atuar na revitalização da área atingida pelo incêndio no Educandos. A equipe já realizou visitas técnicas na área a ser beneficiada e é composta por técnicos, engenheiros e arquitetos do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e outras secretarias municipais.

O projeto de intervenções na área atingida pelo incêndio do Educandos no final de 2018, conduzido pelo Fundo Manaus Solidária, já conta com um esboço de proposta para revitalização da área e possíveis intervenções. O estudo e as propostas serão apresentados à comunidade e integram ações de melhoria viária, estabilização de taludes e criação de espaços de convivência.

A Prefeitura de Manaus entregou a 391 famílias vítimas do incêndio no bairro do Educandos kits de donativos contendo cama, fogão, colchão (solteiro e casal), rede, travesseiros e lençóis (solteiro e casal) nos meses de novembro e dezembro. Coordenadas pelo Fundo Manaus Solidária, com o apoio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) e Defesa Civil, as doações contemplaram famílias que estão inseridas no benefício do auxílio-aluguel, no valor de R$ 300,00.