Iluminação especial e doação de sangue marcam início do ‘Junho Vermelho’

Para ampliar as informações sobre a importância da doação de sangue, o prefeito Arthur Virgílio Neto, acompanhado da primeira-dama e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, acenderam na noite desta quinta-feira, 7/6, a nova iluminação externa, do prédio da Prefeitura de Manaus, na avenida Brasil, Compensa, zona Oeste, na cor vermelha. O ato simboliza a lei sancionada pelo prefeito em outubro de 2017, que instituiu no calendário oficial do município o “Junho Vermelho”.

As atividades voltadas ao Junho Vermelho iniciaram ainda pela manhã desta quinta-feira, quando a unidade móvel de doação de sangue, conhecida como Vampirão, começou a atender servidores da prefeitura de Manaus. A ação é resultado da parceria entre o Fundo Manaus Solidária e a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (FHemoam). Outras atividades conjuntas acontecem até o dia 30.

Antes do acendimento das luzes o prefeito visitou as dependências do Vampirão e agradeceu os servidores que faziam a doação de sangue. Ele enfatizou a importância do ato e lembrou de sua ligação com o Hemoam.

“Tenho muito orgulho, de como senador, aprovar uma emenda que foi o primeiro dinheiro que entrou para a construção do Hemoam. Tenho muito orgulho também dos meus servidores que estão comparecendo em massa para doar sangue. Faço um apelo para que todos doem sangue”, declarou o prefeito.

Para a presidente do Fundo Manaus, a doação de sangue é importante, não só esse mês, mas ao longo do ano e por isso as pessoas devem buscar informações e perder o medo da doação.

“Quero convidar a todos que durante esse mês de junho, possam ir ao Hemoam fazer esse ato de carinho e solidariedade, pois todos nós precisamos desse ato de amor. Ninguém está livre de um dia precisar dessas doações”, disse a primeira-dama Elisabeth Ribeiro.

O proponente da lei, vereador Fred Mota, elogiou a sensibilidade do prefeito Arthur Neto em sancionar a lei e pediu que a sociedade se envolva mais com as doações.

“Ontem o Hemoam só possuía uma bolsa de sangue de RH negativo, o mais raro. Uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas. Por isso é preciso que todos possam fazer a doação e manter o estoque”, convocou o vereador.

Contribuição

Aproximadamente 100 servidores de diversas secretarias foram a sede da prefeitura e fizeram doações de sangue e contribuíram para salvar vidas.

“Essa ação é uma oportunidade para todos se conscientizarem da importância da doação de sangue e também uma forma de participar e ajudar”, disse a servidora Bruna Greco após sua doação.

A chefe do departamento de atendimento ao paciente do Hemoam, Socorro Sampaio, ressaltou que a iniciativa contribui para que outras pessoas possam se tornar doadoras de sangue e consequentemente contribuir com a saúde pública do Amazonas. “A grande importância do ‘Junho Vermelho’ é a visibilidade que isso leva para a sociedade. O simbolismo desse mês é de extrema relevância para a doação de sangue. Essa conscientização é feita no cotidiano da instituição, mas tendo um mês específico para isso aumenta o alcance maior na população”, pontuou.

— — —

Fotos: Mário Oliveira / Semcom e Karla Vieira / Manaus Solidária

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsmmZZG6k  e https://flic.kr/s/aHskCxTvZW