Crianças em vulnerabilidade social têm a oportunidade de conhecer a magia do circo

Até o próximo dia 23/7, mais de 800 crianças e adolescentes em condição de vulnerabilidade social terão a oportunidade de desfrutar da magia do circo de forma gratuita. Fruto da parceria entre a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Parcerias e Projetos Estratégicos (Semppe) e do Fundo Manaus Solidária, o Amazonas Shopping concedeu cortesias para o Circo Ramito, mais uma contrapartida do centro de compras para com a população de Manaus.

As parcerias público-privadas tem, na gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto, obtido resultados positivos em diversas áreas estruturais, como reforma de praças, passarelas, recomposição de áreas verdes, e também na área social ao possibilitar cultura, lazer e entretenimento a crianças e adolescentes em condição de vulnerabilidade social. Neste sentido, o Amazonas Shopping tem sido um grande parceiro da prefeitura.

Conforme a secretária da Semppe, Maria Josepha Chaves, o Amazonas Shopping vem se mostrado um grande apoiador das causas sociais no município e, recentemente, surpreendeu ao doar mil cortesias para o Ramito Circo às instituições apoiadas pelo Fundo Manaus Solidária, presidido pela primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

“Todas as parcerias têm um cunho social importante para a sociedade e, esta especificamente é de uma grande responsabilidade social e encantamento. Agradeço ao Amazonas Shopping pela sensibilidade”, afirmou a secretária.

Para o gerente de Marketing do Amazonas Shopping, André Sati, tão importante quanto as parcerias com a Prefeitura de Manaus que possibilitaram a reforma das passarelas ao redor do shopping, é a parceria que possibilita alegria e diversão para crianças que vivem em condições adversas.

“A gente fica superfeliz em contribuir com a cidade, com as pessoas e nada mais justo do que o Amazonas Shopping oferecer para essas crianças, que não têm tanta oportunidade de lazer, uma noite gratuita de entretenimento. É obrigação do setor privado para com o setor público esse tipo de ação, quem ganha é o cidadão de Manaus, então nada mais justo do que a gente contribuir também”, afirmou.

Vice-presidente do Fundo Manaus Solidária, Mônica Santaella ressaltou a importância e o valor que o prefeito Arthur Neto e a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, dão para as parcerias público-privadas e ao trabalho da Semppe, conduzido pela secretária Josepha Chaves.

“A Semppe e o Fundo Manaus Solidária, cada um com sua especificidade, tem como proposta despertar na sociedade e na iniciativa privada esse sentimento de solidariedade, de pertencimento, de que todos nós podemos fazer alguma coisa por quem necessita. O Amazonas Shopping entendeu o seu papel na responsabilidade social com o município e tem sido um grande parceiro. Todos nós estamos muitos felizes por ver essas crianças se divertindo e, em nome da nossa primeira-dama, faço um convite para que outras empresas participem conosco nas muitas outras atividades que iremos realizar”, convidou.

 

Alegria, sonho e encanto

Diretora da Casa Mamãe Margarida, a irmã Liliana Maria Daou Lindoso era só gratidão e alegria pela oportunidade que as suas crianças e adolescentes tiveram de ir ao circo. Ela mesma, apaixonada por circo, ficou encantada com a possibilidade de desfrutar do momento ao lado de crianças e adolescentes que foram abusados sexualmente, que viviam em vulnerabilidade social e que hoje são cuidados pela instituição que ela administra.

“Só tenho a agradecer pela iniciativa de todos, mas de modo especial agradeço a dona Elisabeth por proporcionar uma alegria dessas as nossas crianças. Isso é algo que não tem preço. Essas crianças carregam em si traumas muito grandes e poder participar de algo que ameniza, que traz alegria e tranquilidade é muito bom. Elas estão eufóricas, felizes. A todas as pessoas que fazem as nossas crianças felizes eu só posso dizer o meu muito obrigada”, agradeceu.

Quem também era só sorrisos era a diretora do Departamento de Segurança Alimentar, Cléo Freitas, responsável pelas Cozinhas Comunitárias da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc).

“Muitas dessas crianças não teriam a oportunidade de participar de um evento como esse se não houvesse essa parceria. Em nome delas eu agradeço ao Fundo Manaus Solidária, à dona Elisabeth e a todos que tornaram esse momento possível. Para elas, ir ao circo era um sonho distante e hoje elas estão aqui”, disse emocionada.

Aluno da escola municipal Vila da Felicidade, Levi Ferreira, 10, esteve pela primeira vez no circo e se encantou com os palhaços. “Gostei muito dos palhaços e estou muito feliz em estar aqui e poder assistir a algo que eu queria muito, mas que não tinha como ir”, falou.

Os palhaços também agradaram ao Thiago dos Santos, 12, morador do bairro São José 2, mas o que ele mais gostou mesmo foi dos malabaristas. “Esse é um momento mágico para mim, estou achando tudo muito legal. Gostei dos palhaços, mas malabaristas para mim foi o melhor”, pontuou.

 

Texto – Michele Gouvêa / Manaus Solidária

Fotos – Nathalie Brasil/ Semcom e Karla Vieira / Manaus Solidária

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHsmFdT5dz