Cozinha comunitária da zona Sul recebe projeto Almoço Solidário

Usuários da cozinha comunitária da Colônia Oliveira Machado, zona Sul, receberam nesta quinta-feira, 19/12, carinho, afeto e o alimento da gratidão, por meio do projeto do Almoço Solidário, um dos três eixos da campanha “Natal do Abraço”. Mais de 200 pessoas puderam usufruir de uma refeição natalina, muita música, diversão e presentes. O “Natal do Abraço” é a programação oficial da Prefeitura de Manaus, coordenado pelo Fundo Manaus Solidária.

Neste ano, o projeto Almoço Solidário já esteve nas cozinhas comunitárias do bairro Santo Agostinho, zona Oeste; Colônia Antônio Aleixo, zona Leste; Fundação Doutor Thomas, zona Centro-Sul; e na Colônia Oliveira Machado, zona Sul. Assim como o “Natal do Abraço”, este é o terceiro ano que o Fundo Manaus Solidária, em parceria com a Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), realiza o projeto.

Todos os anos, os almoços ocorrem na semana que antecede o Natal e, neste ano, a expectativa é que o Almoço Solidário atenda mais de mil pessoas. Presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro ressaltou que o Almoço Solidário tem sabor de família, de sentimento, de abraço, de respeito mútuo.

“O Natal do Abraço transmite carinho, respeito e esse amor que temos pela cidade. Isso pode ser visto nessas ações nas cozinhas comunitárias, na ornamentação da cidade e em outras atividades que estamos fazendo no decorrer desse mês. Tudo é pensando para demonstrar nossa gratidão por Manaus, confiar na gestão do prefeito Arthur Neto, confiar na nossa sensibilidade e no amor que sentimos por essa cidade tão linda. Estamos fazendo uma festa natalina e oferecendo para essas famílias muito mais que o sabor de um pernil ou de um peru, estamos oferecendo o sabor de saberem que são lembradas, amadas, queridas por todos nós”, afirmou a primeira-dama.

As refeições do projeto são preparadas pelas equipes das cozinhas comunitárias. Ao longo do ano, as seis cozinhas comunitárias, mantidas pela Prefeitura de Manaus, oferecem 1.200 alimentações gratuitas todos os dias a pessoas em situação de vulnerabilidade social. Entre os usuários da cozinha comunitária da Colônia Oliveira Machado estão as irmãs Grayce e Ana Falcão. Moradoras do bairro Santa Luzia, as irmãs almoçam na cozinha comunitária diariamente e hoje aproveitaram a programação natalina.

“Estou achando tudo muito bom. Estamos comemorando o nascimento de Jesus Cristo com muita alegria e isso é muito bom para todos nós. Esses momentos renovam a nossa fé e isso é muito importante”, disse Grayce.

Além do almoço natalino, os usuários das cozinhas comunitárias também usufruem de apresentações culturais. Na Colônia Oliveira Machado as atrações foram um coral formado por usuários da cozinha, recreadores do parque Cidade da Criança e a banda Uns e Outros. O coral da cozinha é coordenado por Graça França, e integra o Movimento Batista, da Igreja Batista de Manaus.

De acordo com ela, aproximadamente, 80 pessoas das cozinhas comunitárias da Colônia Oliveira Machado, Panair, Val Paraíso e Vila da Felicidade participam das atividades do coral, caça-palavras e pinturas, além de cultos em ação de graças. As atividades ocorrem de terça a sexta-feira, e são ofertadas para crianças, idosos e pessoas em situação de rua.

“Esse é um trabalho de inclusão, dignidade e amor, mas, sobretudo, é um trabalho de fé e evangelização. A Palavra de Deus diz ‘Ide por todo mundo e pregai o Evangelho a toda criatura’ e é isso que estamos fazendo. Temos amor por aquelas pessoas que ainda não tem a possibilidade de ouvir o Evangelho e por isso seguimos”, afirmou.

Natal do Abraço

O “Natal do Abraço” possui três eixos de atuação. O primeiro eixo é o “Espírito de Natal”, que trata sobre a ornamentação da cidade; o segundo eixo é o “Noites Felizes”, que consiste na programação cultural com apresentação de corais, fanfarras e grupos musicais em diversas áreas da cidade; e o terceiro eixo são os “Almoços Solidários”, em que são promovidos almoços natalinos em áreas periféricas da cidade com pessoas, reconhecidamente, em situação de vulnerabilidade social.

– – –

Texto – Michele Gouvêa / Manaus Solidária

Fotos – Karla Vieira / Manaus Solidária

Disponíveis em – https://flic.kr/s/aHsmK8sHSh