Manaus Solidária apoia campanha do ‘Troco Solidário’

A Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), em parceria com a Fundação de Apoio ao Hemoam Sangue Nativo (FSN) e com o apoio do Supermercado Pátio Gourmet lançaram, no último sábado, 21, de mais uma fase do projeto ‘Troco Solidário’. O ‘Troco Solidário’ é uma campanha onde o cliente pode deixar a doação por meio do troco de sua compra. A doação será utilizada para ajudar na construção do Hospital do Sangue do Hemoam.

O lançamento contou com a presença de representantes do Fundo Manaus Solidária porque, conforme a presidente do Manaus Solidária e primeira-dama, Elisabeth Valeiko Ribeiro, todas as iniciativas que venham a contribuir para melhorar a vida daqueles que sofrem com problemas de saúde, especialmente na luta contra o câncer, merece a junção de esforços de todos os entes sociais.

“Não puder estar presente, mas a nossa diretora-executiva, Joesia Pacheco, nossa coordenadora do Departamento de Serviço Social, Virna Martiniano e uma das advogadas do Fundo, Cristina Seffair estiveram lá e ressaltaram nosso compromisso com a causa e parabenizaram pela iniciativa. Com certeza, quando este hospital estiver em funcionamento muitas pessoas serão beneficiadas e outras tantas, as que ajudaram, se sentirão felizes por terem ajudado a mudar muitas realidades”, afirmou.

Parceria com supermercados

A primeira etapa da campanha foi lançada em outubro do ano passado em parceria com a rede de supermercados DB e arrecadou aproximadamente R$ 133 mil, nas 23 unidades do supermercado, e, em junho deste ano, com o Nova Era Superatacado. Com a nova parceria, o número de estabelecimentos participantes aumenta para 30.

Transparência – A Sefaz-AM é parceira no processo como auditora do projeto, a fim de garantir a transparência das doações. A secretaria informa a Fundação de Apoio ao Hemoam Sangue Nativo, por meio de relatório mensal, os valores arrecadados, de maneira que os mesmos possam ser amplamente divulgados por ela, via meios de comunicação local. A secretaria também criou um código tributário específico que permite que as pessoas possam fazer suas doações em estabelecimentos comerciais, sem precisar usar o sistema bancário.

Com informações da Assessoria de comunicação.