No pedido, o prefeito Arthur Neto destaca que o auxílio visa ajudar a capital amazonense a adotar as medidas necessárias para o enfrentamento da situação, sobretudo no socorro às vítimas. Dentro do planejamento municipal, a proposta é que o recurso seja usado no pagamento de auxílio-aluguel para as famílias atingidas pelo período inicial de 180 dias, no valor mensal de R$ 300 por família, totalizando a quantia de R$ 1.080 milhão.